domingo, 21/04/2024
InícioCidadesPrefeito libera R$ 240 mil em emendas orientadas por parlamentares para apoio...

Prefeito libera R$ 240 mil em emendas orientadas por parlamentares para apoio à Casa Shalon

A Casa Shalon, de apoio a crianças sob medida protetiva judicial, foi mais um projeto beneficiado pelas Emendas Cidadãs. Na manhã desta terça-feira (26), o prefeito Cícero Lucena liberou recursos no valor de R$ 240 mil, orientados pelos vereadores Eliza Virgínia, Coronel Sobreira e Durval Ferreira para reforçar o trabalho realizado pela instituição.

“Fico feliz quando temos a oportunidade de cada um fazer o seu papel. A Câmara tem sido uma parceira de nossa gestão para levar mais qualidade de vida à população. Hoje, por meio de emendas, podemos ajudar um projeto muito importante, que atua fazendo dessa cidade um lugar mais humano, mais justo e mais solidário”, afirmou.

- Continua depois da Publicidade -

A Shalon recebeu R$ 100 mil em emendas de Eliza Virgínia, R$ 90 mil do Coronel Sobreira e R$ 50 mil de Durval Ferreira. “Conheci esse trabalho antes de ser vereador e vi a seriedade e importância para a sociedade”, explicou o Coronel Sobreira.

Para Eliza Virgínia, o local oferece um acolhimento especial. “Aqui elas recebem o cuidado de corpo, alma e espírito”, disse ela. O vereador Durval Ferreira afirma que a Casa beneficia toda a cidade de João Pessoa. “É um trabalho que não funciona sem um aporte financeiro e ele chega em boa hora”, afirmou.

O pastor Kepler Arruda é diretor da Casa e destacou a importância do apoio da sociedade para continuidade do trabalho realizado. “Os adolescentes que apoiamos estão sendo muito bem tratados graças a ações como esta, dos vereadores junto à Prefeitura. Isso nos dá as condições de cuidar destas crianças e adolescentes”, afirmou.

O presidente da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, Pastor Estevam Fernandes, um dos fundadores da instituição, agradeceu pelo esforço conjunto para viabilizar a continuidade do trabalho desenvolvido.

A Casa Shalon recebe hoje 11 crianças e adolescentes sob medida protetiva. Elas são orientadas pela Vara da Infância para proteger a criança e possibilitar sua integração social. Os acolhidos moram no espaço e recebem educação, lazer e atividades esportivas. Alguns deles já estão no mercado de trabalho como jovem aprendiz.

Secom JP

VOCÊ PODE QUERER VER TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

- Publicidade -

Últimas

- Publicidade -
- Publicidade -