quinta-feira, 25/04/2024
InícioParaibaDiário Oficial trás promoção de Capitão Handerson à Major da Policia Militar...

Diário Oficial trás promoção de Capitão Handerson à Major da Policia Militar da Paraíba

  O Diário Oficial do Estado apresenta na edição deste sábado (9) uma série de promoções pelos critérios de “merecimento” e “antiguidade” beneficiando vários integrantes da Polícia Militar da Paraíba (PMPB). Os atos governamentais qualificam a patente de membros do quadro de oficiais, nos postos de coronel, tenente coronel, major, capitão e tenente da corporação. Entre os promovidos está o Capitão George Handerson, que foi promovido a Major.

Os atos governamentais promovem por “merecimento” ao posto de coronel os atuais tenentes coronéis Irlan Trajano de Sena, Souza Neto, Werton Leite Lima, Douglas Ferreira de Araújo e Francisco Petrucci Palitot de Oliveira, entre outras promoções.

- Continua depois da Publicidade -

CLIQUE AQUI e confira a relação completa das promoções.

As condições especiais de promoção de oficiais e praças da Polícia Militar é regulamentada por força da Lei Estadual nº 4.816/1986.

OUTRAS PROMOÇÕES

Em abril deste ano, o governador João Azevêdo anunciou a promoção de 900 militares, sendo 865 da Polícia Militar da Paraíba – 227 soldados a cabo; 608 cabos a 3º sargento; e 30 da graduação de 3º sargento à graduação de 2º sargento, além de 71 bombeiros militares. Estas ascensões profissionais dos militares representam um investimento de R$ 4,3 milhões, a cada ano.

Na ocasião, o governador ressaltou que o Governo do Estado tem compromisso com a segurança pública e busca sempre promover ações que valorizem os profissionais desta área. “Isso é respeito, é a forma de mostrar como o Governo tem um olhar diferenciado para as pessoas. Porque quem entra na vida militar tem a expectativa de crescer, cumprir cada etapa e subir de patente a cada período. Só nestas promoções vamos fazer um investimento de R$ 4,3 milhões a cada ano e, em breve, teremos mais gente sendo promovida. Fazer isso é mostrar respeito, estamos acabando com a Bolsa Desempenho, onde o profissional perdia quando ia para a reforma. Agora estamos incorporando paulatinamente os valores, para que o cidadão possa ir para a reforma com o salário que tinha na ativa”, comentou o governador.

Ele ainda recordou: “Antes, um soldado para ser cabo levava 10 anos. Para sair de cabo para 3º sargento tinha que passar mais 10 anos, ou seja, a pessoa levava 20 anos para sair de soldado até 3º sargento. Hoje, depois da modificação que fizemos, o cidadão leva 14 anos nessa subida de patente, uma redução de seis anos”, pontuou João Azevêdo.

CNews

VOCÊ PODE QUERER VER TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

- Publicidade -

Últimas

- Publicidade -
- Publicidade -